Abertura !
Clínica !
Profissionais !
Instalações !
Convênios !
servicos !
Artigos !
Link's Úteis !
Contato !
Desenvolvido por www.TOCKVALE.com.br !

Osteoporose  

 









Introdução:

O osso é um tecido que está em constante atividade. Assim temos continuamente a formação (através dos osteoblastos) e a reabsorção (através dos osteoclastos - Figura abaixo).
Assim no osso normal há sempre um equilíbrio entre a formação e a reabsorção.


Na osteoporose, este equilíbrio é perdido prevalecendo a reabsorção (Figura abaixo).
Assim, a osteoporose é uma doença que se caracteriza pela perda gradual de massa óssea,o que enfraquece os ossos, tornando os mais frágeis e suscetíveis à fraturas.


Embora possa acometer ambos os sexos, e mais freqüentes nas mulheres após a menopausa, devido a diminuição dos hormônios femininos (os estrógenos - Figura abaixo).


Geralmente a osteoporose evolui sem sintomas, o que agrava e muito esta doença já que vai gradativamente enfraquecendo os ossos e conseqüentemente leva à ocorrência de fraturas.


Fraturas:

As fraturas podem ocorrer em todos os ossos, mais são mais comuns no quadril, coluna e punho. Destas, a mais grave é a que ocorre no quadril, pois quase sempre é de tratamento cirúrgico e se associa com grande numero de mortes que pode ocorrer no momento da cirurgia ou no período pós operatório.


As fraturas na coluna evoluem com acunhamento das vertebras, levando ao encurvamento progressivo (hipercifose — corcunda).






Fatores de Risco

Fatores que podem aumentar o risco de osteoporose

> História familiar de osteoporose;
> Menopausa precoce (antes dos 45 anos);
> Raça branca;
> Compleição física magra e pequena;
> Uso de certos medicamentos como os corticóides, Fumo, Álcool, refrigerantes, café e carnes em excesso;
> Vida sedentária;
> Dieta pobre em cálcio.


Prevenção:

Deve ser iniciada na infância e é possível reduzir o risco de osteoporose, mudando alguns hábitos de vida, como por exemplo:

> Deixar de fumar;
> Reduzir o consumo de bebidas alcoólicas, refrigerantes e café;
> Se expor ao sol diariamente e sempre nos horários adequados (até as 10:00 horas e depois das 16:00 horas - por um mínimo de 15 minutos);
> Praticar exercícios físicos regularmente (sempre com supervisao e orientação médica);
> Manter uma dieta rica em cálcio (mínimo 01 grama por dia).


Tabela de Quantidade de Cálcio Diárias


Diagnóstico:

O diagnóstico é geralmente realizado através da densitometria óssea.
Este exame é rápido, simples e indolor e é considerado o exame padrão ouro para a osteoporose.
Geralmente são avaliados a coluna lombar e o fêmur proximal e eventualmente o corpo inteiro.


Tratamento:

Existem várias medicações disponíveis. Caso haja necessidade o seu médico está preparado para escolher a melhor alternativa para o seu caso.

Dicas para uma vida saudável:

01- Seguir uma dieta apropriada, prevendo um aporte de 800 a 1.500 mg de cálcio ao dia;
02- Exposição ao sol em horários adequados: até 10 horas da manhã e depois das 16 horas;
03- Praticar exercícios físicos de forma moderada (caminhadas, bicicletas e ginástica);
04- Evitar os fatores de risco, tais como: fumo, álcool e sedentarismo;
05- Evitar ficar muito tempo na cama ou sentado;
06- Evitar flexionar o tronco para frente (movimento perigoso, pois pode provocar com facilidade a fratura da vértebra lombar);
07- Evitar andar por terreno acidentado e/ou escorregadio para prevenir quedas e acidentes;
08- Não utilizar tapete na beira da cama e evitar encerar o chão para prevenir quedas;
09- Não utilizar chinelos largos ou sapatos com solados lisos.
10- Utilizar tapetes de borracha no banheiro;
11- Exercitar rotineiramente as musculaturas abdominal, dorsal e lombar;
12- Fazer caminhadas durante 1 a 2 horas ao dia e exercícios de 15 a 20 minutos, usando calçado confortável e com solado de borracha.

 

aniblack01_left.gifVoltar   aniblack01_up.gif Topo  printer_tbg.gifImprimir


Clínica Reabilitar